atendimento@usdcambio.com.br       +55 (84) 3314-0023

Cuidado com falsificação de moeda e roubo

Quem compra moeda estrangeira em papel-moeda (espécie) corre maiores riscos de ser roubado ou receber notas falsas, especialmente em negócios com pessoas não-autorizadas (doleiros ou pessoas físicas). Assim, todo papel-moeda deve ser comprado em banco autorizado. Porém, mesmo nas instituições autorizadas não há normas específicas de controle para notas falsas. Cada casa de câmbio tem seus métodos para verificar a autenticidade de uma nota, utilizando máquinas específicas.

Para identificar notas falsas de dólar é preciso que o comprador esteja atento a algumas características da cédula. Veja abaixo as dicas, válidas para notas de 20 dólares, a partir de 1997, e de 50 dólares, a partir de 1998, quando o governo norte-americano criou novos procedimentos de segurança. As notas antigas continuam valendo, mas não apresentam estas características.

Tinta que muda de cor: os números que aparecem no canto inferior direito devem ter uma cor uniforme, não podendo alternar entre verde e preto, por exemplo;

Marca d'água: segurando a cédula em frente a uma luz é possível ver uma figura sutil, no fundo em branco da nota, que é a marca d'água; ela fica no espaço vazio que está à direita do retrato; a imagem lembra um sombreado;

Selo de segurança: é uma tira de plástico que não está impressa na cédula, e sim colada. Só é visível quando se coloca o bilhete em frente a uma luz; porém, somente notas de 20 dólares emitidas a partir de 1997, e de 50 dólares, a partir de 1998, trazem este selo de segurança;

Desenhos impressos em linha fina: as cédulas devem ter linhas bem finas por trás do retrato. Elas devem ser nítidas, sem borrões ou falhas;

Microimpressão: as cédulas verdadeiras têm palavras impressas em fonte muito pequena, só visíveis com uma lente de aumento;

Comparação: é indicado comparar a cédula com outra da qual se tenha certeza de que é autêntica para notar se há diferenças em relação às características anteriores.

Denúncias sobre moeda falsa devem ser feitas para o próprio serviço secreto dos Estados Unidos (http://www.moneyfactory.com). O comprador deve evitar entrar em conflito direto com pessoas não-autorizadas a negociar câmbio, em caso de compra de moeda falsa.